quinta-feira, 10 de novembro de 2011

MOSTRA CASA NOVA 2011

Como tudo que é bom dura pouco, a Mostra Casa Nova 2011 encerrou sua 10ª edição. Para comemorar o êxito de mais este evento, foi realizado na última quinta-feira (03/11) às 12h um brunch, que reuniu arquitetos, designers, paisagistas e convidados.
Na celebração, o curador da Mostra, Abreu Junior, agradeceu a todos que tornaram possível a realização do evento, e mostrou a evolução de cada ambiente no processo de criação da Mostra.
Abreu manteve suspense a respeito do tema e do local da próxima edição do evento, mas adiantou que a Mostra Casa Nova 2012 não deve acontecer no Beiramar Shopping, e que, como sempre, a organização e os arquitetos oferecerão muitas novidades ao público.
Para completar a celebração, o chef Helton Costa preparou uma mesa de antespastos seguidos de risoto ao funghi e massas caseiras artesanais, o prato principal do brunch, e fechou a refeição com doces finos para a sobremesa.
E assim, com sucesso de público, a Mostra Casa Nova deu adeus à sua 10ª edição. Veja abaixo alguns ambientes de sucesso da mostra.

















  Fique atento e já comece a se preparar para as novidades da Mostra Casa Nova 2012! Até lá!


segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Apartamento compacto de 47m² ganhou reforma econômica.

Este apartamento ganhou reforma econômica. Todos os móveis foram muito bem planejados para que os ambientes ficassem prático, bonito e funcional. Confira os detalhes:

                                                                                                                                                                                      Manter a TV suspensa foi a solução para ganhar espaço no rack (2,25 x 0,40 x 0,60 m).

 



Ao lado da TV, o trio de prateleiras que integra o projeto do rack expõe livros, álbuns de fotos e objetos decorativos.


 Os móveis reaproveitados interagem com a marcenaria planejada. Entre os itens novos, o garrafeiro com 17 vãos encontrou um espacinho bem prático na lateral da geladeira.

 Por causa da metragem diminuta, restou fazer bom uso de cada cantinho. O ambiente conta com práticos gavetões sob a pia e o cooktop, garrafeiro lateral, gabinete sob o balcão, armário suspenso e outro, alto, na parede oposta à da bancada. Uma película adesiva translúcida nas portas de vidro que isolam a lavanderia deixa a luz natural entrar na cozinha. Os acabamentos brancos acentuam a claridade.

 Recortes simétricos no teto criam unidade visual nas salas de jantar e estar. Para obter esse efeito, o forro teve de ser rebaixado com gesso. Lâmpadas dicroicas embutidas garantem iluminação suave.


Os nichos (70 x 15 x 40 cm) são forrados com madeira e contam com dicroicas .

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Quarto para o menino e sua irmãzinha bebê

A chegada de um irmão é uma fase delicada. Principalmente quando o primogênito perde a soberania em seu espaço. Atentas a essa situação comum, as arquitetas Éllen Cavalcante e Paula Ferraz, de São Paulo, orientaram o projeto de MINHA CASA de modo a contemplar as necessidades do bebê, uma menininha, sem deixar o garoto em segundo plano. Toda a bossa está concentrada nas paredes, permitindo que a decoração acompanhe o crescimento da dupla. “Com o tempo, as preferências mudam. Aí, basta trocar os revestimentos”, diz Éllen, que aconselha evitar personagens. 

 
Na parede do garoto, círculos de tecidos mesclam estampas e nuances de azul, amarelo e verde. Ensinamos o passo a passo neste link. No canto da menina, listras de larguras diferentes suavizam o conjunto. A mesa baixa com uma cadeira de design serve na hora de brincar e de desenhar.

Na janela protegida com rede de segurança, a persiana de poliéster não acumula poeira, medida que favorece até quem não sofre de alergia. Nichos e prateleiras abrigam os pertences dos irmãos: hoje são brinquedos; daqui a alguns anos, livros e material escolar. Caixas de MDF com diferentes estampas, empilhadas aos pés da cama do garoto, guardam bonecos e bolas.

  
A cômoda tem 1,29 m de extensão, o bastante para acomodar o trocador  e a cesta com produtos de higiene, que entram em ação a cada troca de fraldas. O abajur com lâmpada fraquinha permite que a tarefa seja executada até de madrugada, sem despertar o filho mais velho.

As arquitetas não fugiram do clássico azul e rosa. Mas reuniram essas e outras cores em uma paleta cheia de graça. O segredo está nos tons pastel, afinados com o universo infantil.